Agora que a maioria das prefeituras dos balneários paulistas autorizou a saída de embarcações, respeitadas regras regionalizadas, é hora também de verificar se sua a lancha, jet, inflável e veleiro estão em perfeitas condições de uso.

O barco ficou bastante tempo guardado, sejam em garagens náuticas, marinas e iates clubes, então coloque sua embarcação na água rapidamente e inicie as verificações. Mesmo que durante esse tempo guardado, tenha funcionado o motor em terra isso não garante que esteja tudo bem com o coração mecânico do seu barco. Se o motor não fizer um pouco de esforço pode ser que, quando precisar de fato sair com a embarcação, o propulsor não tenha o rendimento esperado, devido a um tanque sujo, bicos injetores ou mesmo filtros de combustível travados. Além do que, em terra, fica muito difícil avaliar a propulsão, no sentido de saber se os comandos dos reversores estão engrenando corretamente para frente e para trás.

Tampouco teria sido possível testar fora d’água, a contento, gerador e ar condicionado. Estando o barco na água tudo isto fica fácil de ser executado, assim como a verificação do guincho da âncora, teste que deve ser feito com um pouco de carga na amarra (subir e descer o ferro em terra não é o suficiente para isto). Idem os equipamentos eletrônicos, já que em terra o gps não mostra o movimento do barco e a sonda simplesmente não funciona. Piloto automático e radar também não. Teste também os vasos sanitários, bombas de porão e de pressurização e a carreta de encalhe (se o local não possuir travel lift ou empilhadeira). Aproveite também e verifique se o barco não está fazendo água, o que também não é possível de ser feito em terra. Já a documentação, validade dos sinalizadores e extintores, aí sim é passível de ser feito em terra. Mas os demais itens, somente usando o barco no seu lugar original é que saberemos o que precisa de reparo e de substituição.

Aproveite. A hora de manter sua embarcação é agora. Se deixar para depois, muito provavelmente não terá mão de obra disponível e tampouco as peças de reposição necessárias. Lugar de barco, como se diz, é na água. Sempre…

Para facilitar o acompanhamento disponibilizamos um checklist para ser feito junto ao seu marinheiro

Por Marcio Dottori